logotipo-dormenenem

Entenda o perigo do uso de produtos com Bisfenol-A

Pesquisas recentes demonstram que um tipo de plástico muito usado em mamadeiras pode causar doenças. Veja porque:

bisfenol

Você que é mãe, diante de tantas opções, o que leva em conta na hora da escolha de uma mamadeira para o seu filho? Você deve ter respondido cor (rosa para menina e azul para menino), preço, bicos, formato, etc. Mas será que só isso é importante?

Devido ao material com qual é produzida, o uso da mamadeira de plástico é motivo de preocupação em vários países. As pesquisas realizadas mostram que em determinadas condições o plástico pode liberar uma substância prejudicial à saúde das crianças. A substância tão temida é o Bisfenol-A, também conhecida como BPA, que pode se desprender, principalmente, quando é aquecido ou congelado.

O uso de BPA está relacionado com o câncer de mama, problemas cardíacos, além de danos aos fetos e distúrbios endócrinos em crianças pequenas. As pesquisas sobre o uso de BPA ainda não são conclusivas e dependem de novos estudos. O que se tem certeza é que quanto mais jovem, maior o grau de exposição por isso, os bebês são os mais vulneráveis a exposição.

Aqui no  Brasil a ANVISA não proíbe  a fabricação de mamadeiras e de outros produtos contendo BPA. Ela apenas determina um nível seguro que os produtos devem conter.

 

E em outro países....

Nos EUA, desde o início de 2010, a FDA (departamento responsável pelo controle de remédios e comidas) passou a orientar as famílias a reduzirem a exposição de seus filhos a embalagens plásticas, mamadeiras, chupetas, copinhos e até brinquedos contendo a substância. Mas apesar desta orientação, somente alguns estados proíbem o uso do BPA.

No Canadá, Costa Rica e Dinamarca as indústrias estão proibidas de fabricar mamadeiras com esse tipo de substância. Na França o senado aprovou a proibição em caráter provisório.

 

Como saber se a mamadeira contém BPA?

Existem sete classificações internacionais para o plástico. Os plásticos que apresentam maior risco de conter BPA são os classificados no grupo 3 e 7.

Por isso na hora da compra da mamadeira preste atenção!!! O número que indica a presença de BPA normalmente aparece dentro de um triângulo na parte de baixo do produto.

Tome cuidado!!! Assim como as mamadeiras, as chupetas fabricadas com o BPA também pode fazer mal a saúde.

mamadeira21-256x300

 

Anote aí outras dicas importantes:

  • Nunca esquente alimentos diretamente no plástico: pratos e potes também podem conter BPA, por isso, aqueça os alimentos em recipientes de vidro ou cerâmica. Fazendo isso você evita que o BPA não se desprenda do plástico.
  • Nunca ferva ou lave a mamadeira com água quente. Basta detergente e água  fria.
  • Prefira mamadeiras de vidro ou livres de bisfenol-A para seu bebê.

 

E sempre fica a dica: amamentar no peito é sempre melhor do que qualquer tipo de mamadeira. O leite materno, além de, estar isento de BPA não contém um monte de outros contaminantes que podem fazer mal a seu filho. E ainda fornece ao seu filho anticorpos para se proteger contra as doenças tão graves da infância.

 

Fontes:

http://www.otaodoconsumo.com.br/bisfenol

http://sbemsp.org.br/bpa/?page_id=234


View the discussion thread. blog comments powered by Disqus
Português (Brasil)Español(Spanish Formal International)English (United Kingdom)

Busca Dorme Neném

Arquivo do Blog