logotipo-dormenenem

Teste do pezinho: entenda sua importância

Choro de bebê corta o coração, mas este é por um bom motivo! Um teste simples e rápido que previne o bebê de várias doenças.

7930teste_do_pezinho

O teste do pezinho, como é popularmente conhecido o exame denominado triagem neonatal, possibilita o diagnóstico de várias doenças congênitas, genéticas e infecciosas que se não tratadas, no início da vida do recém-nascido, podem trazer seqüelas graves e levar até mesmo a problemas mentais irreversíveis.

O exame foi trazido ao Brasil pela APAE em 1976. Naquela época foi feita uma grande mobilização para fazer com que governo oferecesse gratuitamente este teste na rede pública.  Inicialmente ele era realizado para identificar duas doenças: a fenilcetonúria e o hipotireoidismo. Ambas, se não tratadas a tempo, podem levar à deficiência mental.

Apesar do esforço só em 1992 o teste se tornou obrigatório em todo o país. Atualmente, os testes que são oferecidos pelo SUS normalmente podem diagnosticar até quatro doenças: a fenilcetonúria (PKU) e o hipotireoidismo congênito (HC), anemia falciforme e fibrose cística.  Dos 27 Estados brasileiros  somente cinco realizam o teste que detecta estas quatro doenças.

Apesar da rede publica oferecer gratuitamente o teste, muitos pais acabam não levando seus filhos para fazer o exame. Isso acontece, muitas vezes, porque a mãe acaba saindo da maternidade sem fazer o teste e depois não procura o posto de saúde para fazer o exame.

Seja por medo ou falta de informação o fato é que os pais tem que se conscientizar que deixar de fazer o teste pode trazer conseqüências para o resto da vida de seus filhos.

Como é feito o exame?

O teste é simples e consiste na retirada de algumas gotinhas de sangue do calcanhar do bebê. Ele deve ser feito depois de 48hs do nascimento e preferencialmente entre o 3 e 7 dia de vida.

O que causa estas doenças?

Fenilcetonúria: doença genética provocada pela ausência ou carência de uma enzima ligada ao metabolismo do aminoácido fenilalanina. Esse aminoácido está presente na proteína de vários alimentos inclusive no leite materno. Quando não é “quebrado” adequadamente, pela enzima, gera um acúmulo excessivo no corpo que pode levar a gravíssimas lesões no sistema nervoso central, com comprometimento no desenvolvimento neurológico da criança.

Hipotireoidismo congênito: há uma baixa produção dos hormônios da glândula tireóide, essenciais para o desenvolvimento, em especial do sistema nervoso. A falta desses hormônios pode causar uma série de problemas, incluindo retardo mental e comprometimento do desenvolvimento físico.

Anemia falciforme: doença hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue, tornando-os parecidos com uma foice. Essa deformação prejudica a passagem das hemácias por veias e artérias. Dessa forma, pode levar a uma oxigenação deficiente do organismo e gerar complicações em praticamente todos os órgãos e sistemas do corpo.

Fibrose cística: doença genética  responsável pela alteração no transporte e cloro e sódio através das membranas das células o que leva à produção de um muco grosso e pegajoso. Esse muco pode provocar entupimento nos pulmões, causando dificuldades respiratórias e facilitando a proliferação de bactérias. O suor apresenta altas concentrações de sódio e cloro e há insuficiência no pâncreas, que afeta a digestão.

Hoje já existe uma versão ampliada, que permite identificar mais de 30 doenças antes que seus sintomas se manifestem. Trata-se, no entanto, de um recurso sofisticado e ainda bastante caro, não disponível na rede pública de saúde.

Fontes:

http://www.drauziovarella.com.br/Sintomas/252/fibrose-cistica

http://guiadobebe.uol.com.br/recemnasc/teste_do_pezinho1.htm

http://bvsms.saude.gov.br/html/pt/dicas/127anemiafalci.html

http://maisvoce.globo.com/platb/sosmaisvoce/

http://www.drauziovarella.com.br/Sintomas/252/fibrose-cistica


View the discussion thread. blog comments powered by Disqus
Português (Brasil)Español(Spanish Formal International)English (United Kingdom)

Busca Dorme Neném

Arquivo do Blog