logotipo-dormenenem

Começando a amamentar

Já ouvi pessoas dizendo que amamentar é muito  pior que o trabalho de parto (eu acho totalmente o contrário). Acredito que o que falta a essa pessoas é informação quanto a maneira adequada de se amamentar.

 

amamentar

Quando minha filha nasceu sofri por mais de um mês para aprender a amamentar direito, minha filha não fazia a pega de maneira correta e até eu corrigir isso foi um sufoco. Antes dela nascer eu achava que não havia nenhum mistério em amamentar que era uma coisa quase instintiva, que era preciso apenas colocar o peito na boca dela e pronto, ela fazia o resto. Só com o tempo aprendi que não era bem assim, e que existia uma forma correta para fazer isso.

O que me ajudou muito nos primeiros dias foram as enfermeiras da maternidade na qual fiquei.... elas que me ensinaram a forma correta de dar de mamar a minha filha. Os primeiros dias sempre são os mais complicados, né, além do cansaço e de outras dores que sentia os; meus seios também doiam muito, tanto por não saber amamentar direito como também porque ficaram empedrados, foi um sofrimento... Acho que sofri mais porque não procurei informação sobre o assunto. Só com o passar tempo a amamentação deixou de me causar pânico e passou a ser um momento de prazer.

 Com isso logo que sai da maternidade aprendi:

A amamenação logo nas primeiras horas de vida é um dos momentos mais importantes para o bebê pois é através do leite materno que o recém-nascido consegue obter todos os nutrientes e anticorpos que precisa.

O leite materno já é um alimento balanceado e por isso não existe a necessidade de complementação com água, fórmulas prontas ou chás.

As mães devem estar cientes que o leite materno além de nutrir o bebê o protege de várias doenças e é de vital importância principamente nos primeiros dias. Ao ingerir o colostro a criança recebe da mãe vários anticorpos e imunoglibulinas que a protegeram, é a primeira vacina que o bebê recebe.


View the discussion thread. blog comments powered by Disqus
Português (Brasil)Español(Spanish Formal International)English (United Kingdom)

Busca Dorme Neném

Arquivo do Blog